9º Batalhão de Engenharia de Combate - Conquista de Collecchio
Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Após a mais difícil batalha da Força Expedicionária Brasileira (FEB) em terras italianas e a consequente conquista de Montese, em 19 de Abril de 1945, vitória que desequilibrou o dispositivo defensivo alemão na área, teve início uma nova etapa impetuosa ofensiva dos Aliados na Itália.

Ao amanhecer de 21 de Abril, a 1ª Divisão de Infantaria Expedicionária (1ª DIE), mesmo sob pesado fogo da artilharia inimiga, conseguiu conquistar e ocupar Zocca, um importante nó rodoviário da região, e prosseguiu no avanço contra o inimigo que recuava, derrubando as resistências nazistas uma a uma. Consolidava-se, assim, a presença da FEB na Planície do Pó no dia 23 e, a partir de então, principiaram as operações que viriam a levar ao maior triunfo isolado da tropa brasileira em solo europeu e um dos maiores da campanha da Itália como um todo.

Em 26 de Abril, foi a vez de enfrentar os alemães na área compreendida entre os Rios Enza e Taro. No dia seguinte, a região de Collecchio foi ocupada após uma rápida batalha, porém não menos sangrenta, que durou três horas e impediu o inimigo de prosseguir até Parma.

Foram capturados 588 prisioneiros, além de canhões e material bélico e logístico, incluindo uma cozinha de campanha.

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página